9 de dez. de 2020

Como Ser Espiritual – Arcturian Group Messagem 6/12/20.

Podcast: Inglês e Espanhol

De: Onenessofall.com 
Marilyn@onenessofall.com
Para: lasoares@luizantonio.com.br 

Assunto: Arcturian Group Message 12/6/20 

6 de DEZEMBRO de 2020 Caros leitores bem-vindos, saibam sempre que as nossas mensagens são enviadas em fluxos de energia de amor e encorajamento, pois estamos bem cientes de vós. 

Arcturian Group Messagem
Preferências. 

Caros leitores bem-vindos saibam sempre que as nossas mensagens são enviadas em fluxos de energia de amor e encorajamento, pois estamos bem cientes do vosso cansaço. Saibam que tudo está a decorrer de acordo com o planeado. O "plano" pode não se enquadrar na vossa ideia de um plano espiritual de alta ressonância, mas saibam que tudo é como deve ser para que aqueles ainda fortemente entrincheirados no sistema de crenças da terceira dimensão comecem a abrir-se a formas mais elevadas de ver. 

Nunca se esqueça de que escolheu estar na Terra durante, estes tempo de caos e confusão. Nunca ninguém é forçado a encarnar (embora algumas almas mais jovens precisem ocasionalmente de um forte encorajamento). Vocês foram aqueles espiritualmente preparados e suficientemente fortes para viverem vidas de Luz durante os tempos de escuridão enquanto ajudam os outros através do exemplo e das palavras. 

Estejam em paz, permanecendo centrados em cada momento presente. Medite com frequência. Meditações, frequentes pode ser apenas um simples e gentil descanso na unidade com a Fonte feita ao longo do dia. Estas meditações não precisam ser longas, apenas um ou dois segundos na sua secretária, na casa de banho, a lavar pratos, etc., mas meditações curtas frequentes ajudam a mantê-lo centrado e eventualmente a tornar-se o seu estado de consciência. 

As meditações curtas não eliminam a necessidade de meditações mais longas. Meditações mais longas sem muito "hoopla" tridimensional permitem-lhe uma ligação mais profunda com o Self Superior e sinalizam ao seu Eu Superior que está pronto para mais. Deixe a sua intuição guiá-lo, mas nunca se sente durante horas à espera ou à espera que um conceito tridimensional apareça para isto simplesmente o coloca num estado mental em vez da consciência alerta da verdadeira meditação espiritual. 

Saiba que quando a meditação é iniciada com a intenção pura de se conectar mais profundamente com a Fonte em vez de procurar algum resultado percebido, algo SEMPRE acontece, mas muitas vezes em níveis aos quais ainda não consegue aceder. A meditação, que é o seu alinhamento com a Fonte, dá sempre frutos e manifestar-se-á de alguma forma no exterior quando menos se espera. Não procure ou espere efeitos de algum tipo durante ou após a meditação, pois eles representam simplesmente conceitos tridimensionais sobre meditação. Sim, pode haver experiências, mas permita-lhes que não as criem. 

Lembre-se sempre que não é apenas um corpo físico com uma consciência. É uma Consciência Divina Infinita individualizada com um corpo de Luz. Na densidade da energia da terceira dimensão, este corpo de Luz real e permanente permanece presente. O corpo material/físico é uma interpretação mental do corpo de Luz formado a partir da consciência e reflexo da consciência - mente interpretando a consciência no/ao exterior. "O que é que eu tenho na minha consciência?". 

Muito do que está a ser apresentado através de fontes mediáticas não é totalmente exacto. É colorido e dado em pedaços e peças concebidas para acrescentar drama aos acontecimentos mundiais. Viver como um observador centrado espiritualmente ajuda a evitar ser apanhado e a alinhar-se com a energia de menor ressonância dos dramas. Permita sempre que a sua intuição o guie e se afaste caso se veja apanhado emocionalmente em algum evento ou notícia. Deixe as emoções negativas que possam surgir fluir através e para fora sem as reivindicar como sendo pessoalmente suas. Isto é estar no mundo, mas não é disso que se trata. 

À medida que aprende a confiar e a confiar na sua intuição, na sua orientação interior, torna-se mais fácil determinar rapidamente quando algo está a ser inventado a fim de manipular outros a pensar ou a acreditar de certa forma versus ser a verdade sobre isso. A maioria de vós já está a receber informação intuitiva sobre todo o tipo de coisas comuns, mas continua a duvidar e a compará-la com o que os outros possam pensar. Quanto mais confiam e confiam na vossa intuição, mais forte e mais precisa ela se torna. 

Muitos vão ser expostos pelo que realmente representam. No início ficará chocado, mas depois tornar-se-á mais aberto à mudança em relação a muitas crenças e ações comumente aceites. Ponha-se de lado e permita o processo porque são aqueles que estão conscientes de que algo muito maior do que o público em geral entende que está a acontecer. Nunca permita que a cena exterior o arraste de volta para uma sensação de separação da Fonte e dos outros. 

O medo já não é uma faceta da sua consciência porque evoluiu para além da sua necessidade, mas será ocasionalmente tentado a convidá-lo de novo a entrar. Quando surgir a tentação de dar poder ao medo ou outras emoções negativas, não resista, mas simplesmente faça uma pausa e lembre-se silenciosamente; "EU SOU". Estas duas palavras transportam uma poderosa energia de alta dimensão que o reentrará quando se é abraçado espiritualmente. 

De forma a viver a partir de um nível de confiança espiritual, uma pessoa deve primeiro abraçar e aceitar plenamente que a Consciência Divina é a realidade do seu ser. Apesar do que lhe foi ensinado, a realidade é que não é nem nunca foi um ser humano frágil que necessita de proteção constante contra todas as boas e más crenças que flutuam em torno da consciência coletiva tridimensional. É tempo de realmente e sem condições, desculpas, dúvidas, medos, falsa humildade, ou aparências, aceitar a sua condição de Christhood. 

Para fazê-lo, deve estar disposto a abandonar as crenças e práticas que o ajudaram numa altura anterior, mas que desde então ultrapassaram as suas capacidades. NADA PODE TORNAR-VOS MAIS ESPIRITUAIS DO QUE JÁ SÃO E SEMPRE FORAM. Pode aceitar isto e confiar que o seu Eu Divino sabe viver Ele próprio como você sem a sua ajuda ou é a perspectiva de seguir em frente sem ferramentas e práticas metafísicas e religiosas familiares demasiado assustadoras? 

Não há absolutamente nenhum julgamento nestas palavras, pois estamos plenamente conscientes de que nem todos estão prontos para este salto, mas aqueles que querem ascender para as frequências dimensionais mais elevadas que estão a ficar disponíveis neste momento devem decidir de que lados da cerca querem estar. A baixa energia ressonante não pode vir com uma pessoa para as frequências mais altas, que é a razão pela qual têm vindo a ocorrer apagamentos de energia antiga da memória celular, da consciência, e dos campos de energia. Para aqueles que procuram a verdadeira realização espiritual, já não é possível viver com um pé no mundo tridimensional e o outro na verdade. 

Apegar-se a práticas espirituais ultrapassadas, destinadas a aproximar uma pessoa de Deus depois de uma vez ter percebido que nunca esteve separada de Deus, cria um sentido mais profundo de separação do que antes. Não há nada de errado com estas práticas em e de si mesmas. Elas serviram-lhe bem no passado e continuam a ajudar muitos dos seus antigos conceitos sobre Deus como sendo um homem inacessível no céu. Contudo, a maioria de vós "já lá esteve, já o fez". 

Alguns que estão muito evoluídos espiritualmente e prontos para o seu próximo passo continuam a agarrar-se a práticas, ritos e rituais que há muito ultrapassaram na crença de que estas coisas os levam mais fundos e os empurrarão mais longe no caminho para a realização. Não queridos, a dada altura têm de aceitar que já é tudo o que procuraram através destas práticas. Quando a energia velha suficiente tiver sido libertada e a prontidão espiritual for determinada pelo Eu Superior (não por si pessoalmente), a realização acontece. 

A aceitação disto dissolve a necessidade de conduzir, fazer, fazer, permitir que se esteja simplesmente. A vida torna-se muito mais fácil quando as responsabilidades e o trabalho de "salvar-se" a si próprio são entregues à Consciência Divina. Já não se preocupa em dizer ou pensar a coisa certa ou errada ou fazer algo que não é considerado "espiritual", porque agora percebe que tudo já é espiritual. A intenção subjacente a cada ação é o que a faz ressoar com uma frequência menor ou maior. Já viveu muitas vidas sem saber que eram seres poderosos, criadores, encarnando todas as qualidades da Fonte, mas conhece-a agora e deve, a dada altura, aceitá-la de facto. 

A maioria de vós estudou nas escolas de mistério e pode ainda transportar a energia de ferramentas que aprenderam e abraçaram plenamente enquanto lá estiveram. Todos vós, num ou noutro momento, fizeram votos de pobreza, castidade e obediência durante uma ou várias vidas vividas em conventos, ashrams, ou mosteiros. Até ser liberada, a poderosa energia de um voto feito com sinceridade e com o coração aberto continuará a funcionar e a manifestar-se como experiências de vida. 

Exemplo; há quem experimente a falta financeira durante toda a sua vida, independentemente da educação, práticas, ações corretas, etc. Para eles pode muito bem ser que um voto ou vários votos de pobreza ainda estejam muito vivos e bem na sua memória celular. Quando questões de falta se manifestam de forma consistente, reavalie as suas crenças relativamente à falta e limitação, reconhecendo que a falta não tem lei que a sustente porque Deus (o seu verdadeiro eu) é Autossustentado e Auto mantido. A falta manifesta perfeitamente a crença na separação. 

É uma boa ideia que cada pessoa se sente em silêncio, sem distrações, e declare conscientemente a sua intenção de, de uma vez por todas, limpar completamente qualquer energia remanescente de votos, promessas, e ou apego a outro, desta e de todas as outras vidas. Use as palavras que quiser, porque é a intenção que é importante e não as palavras. Só precisa fazê-lo uma vez, tornando-o uma prática contínua, simplesmente dá nova vida a estas velhas energias, dotando-as uma vez mais de poder. 

Chegou a um lugar onde tem de aceitar que não há nada que precise de "fazer" para ser espiritual. Na maioria das vezes, nem sequer "sentir-se-á espiritual", por isso não procure isso como uma medida. Sentir-se espiritual é um mito perpetuado através de religiões organizadas, filmes, programas de TV, e cartões sagrados. 

Espiritualidade é simplesmente a capacidade, através do crescimento espiritual e da evolução, de ir ao encontro de cada experiência com amor. Vai funcionar, racionar folhas, comprar e vender, cozinhar, cuidar de alguém, etc., etc., a partir de uma consciência que sabe e confia que o seu Eu Superior sabe onde precisa estar, quando, e como o levar até lá. 

Com tanto amor, 

Somos o Grupo Arcturiano 12/6/20 

Texto original e direito autoral: 
©2020 onenessofall.com | Marilyn@onenessofall.com

Tradução: 

Áudio - Gravação, Edição e Publicação: 

Compartilhe. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe de sua opinião!

Pesquise por assunto

Postagens mais visitadas do mês.

As postagens mais visitadas do site.