12 de nov. de 2020

ENERGIAS: OS ELEMENTAIS.

Exercícios com os elementais atômicos do nosso corpo.


Ensinamento do grande mestre tibetano Gargha Kuichines (discípulo do VM Samael Aun Weor) sobre os Elementais Atômicos de nossos corpos físico e etérico. O venerável Mestre Samael Aun Weor, na obra O Matrimônio Perfeito, enfatiza que precisamos nos purificar e elevar nosso nível energético, trabalhando com os Deuses Atômicos de nossos corpos físico e internos. Explica Samael: “Meditando nestes Deuses Inefáveis podemos conseguir que eles nos ajudem no despertar dos chacras, rodas ou discos do Corpo Astral. É conveniente fazermos vibrar os chacras e prepará-los para o Advento do Fogo. Meditem e vocalizem o mantra de cada elemento. Meditem em cada um destes Deuses Elementais e rogando com todo o coração que eles lhes despertem os chacras. Desenvolvam os chacras para serem ocultistas práticos”.

Dentro de nós existem regiões onde governam os cinco elementos da Natureza, a saber: Éter, Ar, Fogo, Água e Terra.

O Éter governa a cabeça (do topo à região do entrecenho). Suddhashiva é o Deus Elemental do éter. Os Puncta formam a matéria etérica. Podemos invocar os Puncta pedindo permissão do Deus Suddhashiva, para que ele nos dê autorização para invocar, mandar e dar ordens aos Puncta. Invocamos esses elementais com o mantra … pronuncia-se o H em forma aspirada, alongando-se o som da letra a. Com os Puncta podemos limpar nosso centro cerebral, vitalizar e fortalecer nosso cérebro; podemos melhorar a memória, o intelecto, a mente, os sentidos e até a consciência, com conhecimento de causa. E como melhoram? Pois, dando ordens aos Puncta para que trabalhem em nosso cérebro, cerebelo e na coluna cerebrospinal. São os Puncta que governam toda a rede sem fio através da qual nossos chacras funcionam.

O Deus dos Elementais do Ar chama-se Ishwara. Podemos invocá-lo para pedir permissão para mandar e dar ordens aos elementais do ar, chamados de Silfos e Sílfides. O mantra para chamá-los é Yah. Os elementais do ar regem a região compreendida entre o entrecenho e a parte superior do coração. Trabalhando com os elementais do ar podemos melhorar todos os nossos sentidos, inclusive os braços, que estão nessa região. Os elementais só obedecem às pessoas castas, aquelas que não perdem sua matéria seminal e conhecem a ciência da transmutação. Nessa região estão situados todos os sentidos físicos: visão, audição, paladar, olfato e tato. Podemos melhorar esses sentidos valendo-nos do trabalho dos elementais aéreos. Os silfos são muito bonitos e podem aumentar a beleza, tanto do homem quanto da mulher. Mas é preciso estudar e aproveitar ao máximo o poder da energia criadora.

Rudra é o Deus dos elementais do fogo. O mantra para invocar as Salamandras do fogo é . Pronuncia-se alongando-se o som do e do Á. O fogo rege a região compreendida entre a parte superior do coração até a base da coluna vertebral, de forma que todos os órgãos existentes nessa região poder ser regenerados pelos elementais do fogo. Por exemplo, uma pessoa saturada de gordura em seu intestino pode fazer uma limpeza valendo-se do poder dos elementais do fogo. Somente o fogo é capaz de derreter e queimar as camadas gordurosas do copo. Portanto, podemos melhorar nosso corpo valendo-nos de Rudra, o Deus do fogo.

Narayana é o Deus dos elementais da água. Rege toda a região compreendida entre a base da coluna vertebral e os joelhos. Podemos invocá-lo usando o mantra . Esse mantra é pronunciado alongando-se os sons das letras V e Á. Então invocamos as Ondinas e Nereidas, que são os elementais da água; são seres belíssimos que podem nos dar beleza se soubermos dar ordens, e também podem lavar e curar as enfermidades de nosso corpo. Sempre que formos nos banhar podemos pedir ao Deus Narayana que nos conceda a graça de mandar e de dar ordens às Ondinas e Nereidas; então pronunciamos o mantra  por três vezes e depois ordenamos aos elementais da água que entrem em nosso corpo para vitalizá-lo e curá-lo. Após, pronunciamos também o mantra KLIM, em voz alta ou mentalmente, e assim, então, trabalhamos com esses elementais.

Brahma é o Deus dos elementais da terra. Para invocá-lo e dar ordens aos elementais da terra usamos o mantra . Brahma governa da região dos joelhos até a planta dos pés. Assim como os Gnomos elaboram belíssimas pedras preciosas, metais valiosos para o homem e alimentos, da mesma forma podem servir ao Mago que aprende a governá-los.

Muitos gnósticos vão às praias, ali se fazem enterrar com roupas de banho, deixando para fora apenas a cabeça; assim trabalham com os gnomos da terra e se carregam de energias. Depois, entram nas águas do mar e trabalham om as Ondinas e Nereidas. Depois deitam-se sob o sol e trabalham com as Salamandras do fogo desprendidas do nimbo solar. Por fim, aproveitam a brisa marítima para trabalharem com os Silfos e Sílfides, realizando maravilhas com os poderes desses elementais. E para finalizar, deitados de boca para cima, invocam os Puncta do espaço para trabalharem com o éter, preenchendo o cérebro com essa energia primária.

Praticar é algo muito melhor do que fazer reuniões para discutir e brigar uns com os outros, alegando “estudar as obras do Mestre”. Desconhecem que o intelecto do leitor é defeituoso porque seu dono está tomado de defeitos. Se somos mentirosos, nossos sentidos nos enganam. São os defeitos que dão forma física à nossa personalidade; somos o resultado de nossos defeitos. Deus é simples! O resto é complicado. Necessitamos nos tornar simples e não esquecer nunca que aquele que mente peca contra o Pai, que é a Verdade; assim, jamais poderá Ele derramar sobre nós a Graça de Sua Sabedoria para governar e mandar em tudo que tenha vida.

Os alimentos também nos dão sua força quando conhecemos a ciência que nos permite extrair muito do pouco em nosso favor. Para tanto, devemos invocar Mudra, que é o Deus dos Elementos, para que nos permita aproveitar a energia criadora encerrada nos grãos e cereais. Em seguida, mantralizamos, em voz alta ou mentalmente, KRIM. Com esse mantra podemos extrair a shakti de cada alimento, que é a energia crística encerrada nos grãos e plantas. A parte negativa do poder contido nos alimentos é Tamas. Por isso, muita gente, mesmo comendo muito, nunca passa da matéria.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe de sua opinião!

Pesquise por assunto

Postagens mais visitadas do mês.

As postagens mais visitadas do site.