11 de ago. de 2020

O conhecimento é o antídoto contra o medo.

Ouça os Podcast

Conhecimentos Medos.

Por David Icke 


Nós estamos no auge de uma mudança global incrível. Uma encruzilhada onde nós tomamos decisões que influenciarão enormemente a vida na Terra em um futuro próximo. Nós podemos arremessar para bem longe as portas das prisões mentais e emocionais que limitaram a raça humana por milhares de anos. Ou nós podemos permitir que os manipuladores completem a sua agenda para a escravização mental, emocional, espiritual e física de cada homem, mulher e criança do planeta com um governo mundial, um exército, um banco central, uma moeda corrente e uma população controlada por microchips.


O Conhecimento é  o antídoto contra o medo.

Eu sei que soa fantástico, mas se a raça humana erguesse os seus olhos da mais recente novela ou game show por tempo suficiente para empenhar seu cérebro, veria que estes eventos não estão para acontecer – eles estão acontecendo!

As pessoas não têm nenhuma ideia do abismo que nós estamos fitando ou a natureza do mundo que nós estamos deixando para nossas crianças suportarem e a maioria delas parece não se importar. Elas vão ignorar o óbvio e entrar em negação de uma verdade que está bem em frente dos seus olhos. Eu me sinto como uma vaca que corre no campo gritando: “Ei, você sabe aquele caminhão que leva embora alguns de nossos amigos todos os meses? Bem eles não os levam a outro campo como nós pensávamos. Eles atiram na cabeça deles, os sangram, os cortam, e colocam os pedaços em pacotes. Então esses humanos os compram e os comem!” Imagine qual seria a reação do resto do rebanho: “Você está louco cara. Eles nunca fariam isso. De qualquer maneira, eu tenho ações naquela companhia de caminhão e eu consigo um bom retorno. Cale-se, você está fazendo ondas.”

A Agenda que eu estou expondo tem se desdobrado por milhares de anos até o seu ponto atual, perto da conclusão, porque a humanidade entregou sua mente e sua responsabilidade. A Humanidade preferiria fazer o que ela acha ser certo para si mesma no momento do que considerar as futuras consequências de seu comportamento para a existência humana. Ignorância é felicidade, nós dizemos, e isso é verdade – mas só durante algum tempo. Pode ser felicidade não saber que um tornado está vindo porque você não tem nenhuma necessidade de preocupar-se ou de tomar providências. Mas enquanto sua cabeça está dentro da areia seu traseiro está no ar, e o tornado ainda está vindo.


” O conhecimento está nas Mãos de poucos e o resto é mantido ignorante. A clássica estrutura para manipulação e controle.”

Se você erguesse a sua cabeça e o enfrentasse, o desastre poderia ser evitado, mas ignorância e negação sempre asseguram que você terá a força completa e as mais extremas consequências, porque o tornado vem quando menos se espera e quando você está menos preparado. Como eu disse, ignorância é felicidade – mas só por algum tempo. Nós criamos nossa própria realidade através dos nossos pensamentos e ações. Para toda ação ou omissão há uma consequência. Quando nós entregamos nossas mentes e nossa responsabilidade nós entregamos nossas vidas. Se bastante de nós fizermos isto, nós entregamos o mundo e isso é precisamente o que nós temos feito ao longo da história humana conhecida. É por isto que poucos sempre controlaram as massas. A única diferença hoje é que poucos estão agora manipulando o planeta inteiro por causa da globalização dos negócios, dos bancos e comunicações. A fundação deste controle sempre foi a mesma: mantenha as pessoas em ignorância, medo e em guerra contra elas mesmas. Divida, governe e conquiste mantendo o conhecimento mais importante pra você. E como nós veremos neste site, aqueles que usaram estes métodos para controlar a humanidade por milhares de anos, são membros da mesma força, da mesma tribo de cruzamentos, seguindo uma Agenda de longo prazo que está alcançando agora um ponto principal na sua jornada.

O estado global fascista está sobre nós. E ainda, não tem que ser assim. O real poder está nas mãos de muitos, não de poucos. Realmente poder infinito está dentro de todo indivíduo. A razão porque nós somos tão controlados não é que nós não temos o poder para decidir nosso próprio destino, é que nós entregamos este poder a cada minuto de nossas vidas. Quando algo acontece que nós não gostamos, nós procuramos outra pessoa para culpar. Quando há um problema no mundo, nós dizemos “o que é que ELES vão fazer sobre isso”. Neste ponto ELES, que secretamente criaram o problema em primeiro lugar, respondem a esta exigência apresentando uma “solução” – mais centralização de poder e erosão de liberdade. Se você quer dar mais poderes para a polícia, agências de segurança e exército, e você quer que o público exija que você faça isso, então assegure que haja mais crime, violência e terrorismo, e então é uma brincadeira de criança alcançar suas metas. Uma vez que as pessoas estão com medo de serem roubadas, assaltadas ou bombardeadas, elas vão exigir que você tome a liberdade delas para as proteger do que foram manipuladas para temer. O atentado à bomba em Oklahoma é um clássico exemplo disso, como eu detalho em… E A Verdade O Libertará. Eu chamo esta técnica de Problema-Reação-Solução.


As massas são agrupadas e dirigidas por muitas e variadas formas de controle mental e emocional. É o único modo que isto poderia ser feito. Poucos não podem controlar bilhões de pessoas fisicamente, da mesma maneira que animais de fazenda não podem ser controlados fisicamente a menos que um grande número das pessoas esteja envolvido. Dois porcos escaparam de um matadouro na Inglaterra e iludiram a captura por tanto tempo, apesar dos esforços de muitas pessoas para pegá-los, que eles se tornaram celebridades nacionais. Controle físico da população global não pode funcionar.

Outro ponto aqui que é altamente relevante. Pesquisas têm mostrado que há um pulso, um sinal elétrico, que é gerado do centro, da Via-Láctea para nosso Sol (e outros sóis) e de lá para a Terra. esse pulso é apanhado então pelo coração humano, passa pelo cérebro, e de lá vai para as células do corpo. Quando esse pulso, que ressoa, passa por esse caminho intacto e inalterado, o ser humano está em harmonia com o cosmo. Cada célula está conectada, e em harmonia com o pulso cósmico. Porém, emoções de baixa vibração e desequilíbrio bloqueiam o caminho e quebram o circuito e, uma vez mais, nos desconecta da Terra e da amplitude do universo. A conexão coração-cérebro tem sido quebrada na maioria das pessoas pela separação da cabeça e do coração, do intelecto e da intuição, do físico e do espiritual. A razão pela qual os reptilianos estão acelerando a sua Agenda tão rapidamente hoje é que eles sabem que têm um desafio colossal em suas mãos.

A criação é governada por ciclos de energia. Em um nível, nós os vemos nas estações da Terra, primavera, verão, outono e inverno. Mas há também ciclos muito maiores, e esses têm sido registrados em números e símbolos pelos povos antigos como os Sumérios, egípcios, hindus, chineses, os Mayas da América Central e os Americanos nativos como os Hopi do Arizona. Esses mediam os ciclos de energia solar, lunar e outras energias cósmicas que transformam os campos de energia da Terra e assim transformam a vida neste planeta. Nós estamos agora no meio de talvez o maior desses ciclos, um que acontece, segundo estimativas, só uma vez a cada 26.000 anos, e o calendário Maya prevê que o ponto crítico de mudança é 12 de dezembro de 2012. Esse é o real ponto focal da transformação, não o manufaturado Milênio. Estes ciclos de consciência são como entradas ou portais que se abrem para aqueles que estão pronto para passar para um estado muito mais alto de consciência. Eu vejo isto como um tipo de relógio cuco no qual, em certos momentos-chave, a porta ou portal se abre. Quando estes portais são perdidos, o ciclo começa novamente até outro portal abrir. Mas o que nós estamos encarando agora, ao que parece, não é um portal, mas sim um vasto abismo de oportunidades para uma transformação global que desafiará todas as crenças atuais. Textos de escolas religiosas e de mistério têm previsto isto abertamente ou simbolicamente por milhares de anos. Agora a evidência física, espiritual e, crescentemente, científica pode confirmar que a denominada “Grande Mudança das Eras” está sobre nós.


Uma série de eventos, descrita por Gregg Braden em Despertando Para o Ponto Zero, tem confirmado que os tempos estão mudando. Em 1991 foi identificada uma nova frequência ressonando do centro da espiral de nossa Galáxia e em 1994 a sonda Ulysses foi enviada para investigar mudanças no Sol. Desde a metade dos anos 80, houve um tremendo aumento nas chamas solares e nas explosões de raios-x, e Ulysses descobriu que o campo magnético do Sol estava diminuindo rapidamente. As leituras nos pólo norte e no pólo sul e no equador estavam “muito mais baixas do que o esperado”. Também, enquanto o Sol está esfriando, os planetas do sistema solar, especialmente os mais afastados, estão aquecendo. Isto sugere que a fonte de calor planetário vem de dentro, embora isto possa ser estimulado por mudanças magnéticas e elétricas no sol. Ao mesmo tempo em que estas mudanças estavam acontecendo no Sol, uma tempestade em Júpiter, primeiro documentada pelos chineses 3.000 anos atrás, também mostrou mudanças súbitas. Uma vasta espiral dentro desta tempestade começou a girar na outra direção. As ondas de choque e outros fenômenos causados pela colisão do cometa shoemaker-levy em Júpiter em 1994 também têm afetado todo o sistema solar, inclusive a Terra. O que está claro é que as mudanças no campo magnético do Sol têm se refletido aqui.

A Terra é um imã gigantesco com diferentes níveis girando para criar um campo magnético. Quanto mais rápido a Terra gira, mais poderoso e denso é o campo magnético. Dois mil anos atrás este campo magnético atingiu o ápice de sua intensidade no ciclo atual e vem caindo desde então, a medida em que o planeta tem girado cada vez mais lento, Braden diz. O campo está agora 50% menos poderoso do que estava 1.500 anos atrás e a velocidade desta queda está aumentando muito depressa. Não há nenhuma razão para pânico porque tudo isso é parte de um ciclo natural, uma versão mais longa e infinitamente mais poderosa das estações anuais. Junto com isso vem a notícia de que a frequência de ressonância da Terra ou, se preferir, a sua pulsação, está aumentando rapidamente. Esta frequência, chamada de Frequência Ressonante de Base ou Ressonância de Cavidade de Schumann, foi identificada em 1899. Entre 1899 e a metade de 1980, manteve um pulso constante ao redor de 7.8 Hertz ou 7 ciclos por segundo. Mas de 1986-87 começou a acelerar.


Ao final de 1995 tinha alcançado 8.6 de acordo com algumas estimativas e os últimos números que eu ouvi estavam acima de dez e ainda subindo. Gregg Braden acredita que no ano de transformação Maya de 2012, a ressonância da Terra poderia ser de 13 ciclos por segundo enquanto que o seu campo magnético poderia estar no zero ou próximo disso. Ele chama isso de Ponto Zero, quando o campo magnético da Terra desaparecerá porque o planeta terá parado de girar. Isto não significa que não haverá gravidade porque ela é criada por outros fenômenos, não pela rotação do planeta. Algo assim parece ter acontecido pelo menos 14 vezes nos últimos 4.5 milhões de anos. O último é calculado ter sido aproximadamente há 11-13.000 anos atrás, uma janela de tempo que corresponde com muitas estimativas do fim da Atlântida e o começo da recuperação daquele grande cataclismo depois de aproximadamente 10.500 AC. 13,000 anos atrás teria sido o ponto intermediário no Grande Ciclo de 26,000 anos que está terminando agora, outro tempo de grande mudança. Eu não estou dizendo que a Terra vai deixar de girar, mas eu certamente não descartaria essa possibilidade.

Porém, pode ser que tenha havido uma troca dos pólos magnéticos mais recentemente, aproximadamente 3.500 – 3.600 anos atrás, de acordo com o exame do gelo em Greenland e nas regiões polares. Toda vez que a Terra sofreu uma rápida queda no campo magnético como a que nós estamos vendo agora, resultou em uma troca de pólo que é quando o norte e o sul magnéticos trocam de lugar. Pessoas como Braden, estimam que a Terra deixará de girar durante alguns dias antes de começar a girar na direção oposta. Como você pode ver, quando o fluxo de eletricidade de uma barra de ferro é invertido, os pólos se invertem. A medida em que o planeta girar na direção oposta, o fluxo de eletricidade se inverterá e, consequentemente, os pólos também se inverterão. Se o planeta deixasse de girar, um lado da Terra estaria em constante claridade e o outro em constante escuridão nesse período, e isso é o que os antigos disseram que aconteceu há milhares de anos atrás. Os peruanos falam sobre a ‘longa noite’ de três dias e na Bíblia há referência a um dia durando 20 horas, o dia mais longo.

A Tribo Hopi registra como o Sol nasceu duas vezes em um dia. Primeiro nasceu no oeste e se pôs no leste e depois nasceu no leste e se pôs no oeste – o ciclo que permanece desde então. Outros contos antigos dizem que o Sol costumava nascer no oeste e se pôr no leste, outra indicação de que a Terra costumava girar em outra direção. No começo dos anos 90, quando eu estava apenas acordando para essas coisas, me foram dadas algumas informações canalizadas por uma psíquica que disse: “O mundo está mudando e o norte se tornará o sul e o leste, oeste. Assim foi comandado desde o começo do tempo.” Brian Desborough, o cientista-investigador da Califórnia, também me falou que alguns importantes eventos geofísicos estão acontecendo, os quais estão sujeitando as telecomunicações a um blecaute. Ele confirma que o campo geomagnético da Terra está caindo rapidamente e logo alcançará o zero. Ele acredita, assim como eu, que nós estamos iniciando um passeio geologicamente muito acidentado. O Serviço Geológico dos EUA diz que o campo magnético da terra cai para zero a cada 500.000 anos, e então lentamente se reconstrói, e que estes são períodos de cataclísmicas mudanças na Terra, terremotos e vulcões, por causa da parada temporária na rotação do planeta. Eu acho que isso acontece mais frequentemente do que se supõe.


De acordo com os contatos de Brian, o campo magnético do Sol já caiu pra zero e parece ter alcançado um nível mais alto de conversão de hidrogênio em hélio. Ele diz que as chamas solares estão sendo emitidas acima e abaixo do equador do Sol a uma latitude de 19.5 graus. Este é o ponto onde é trocada energia entre esferas giratórias e é nesta latitude na Terra que as pirâmides ficam situadas. A energia que é recebida do Sol a estas latitudes deve ser agora fenomenal.

Nós temos seguido a conexão entre mudanças na ressonância vindas do centro da galáxia, com as mudanças no sol e com as mudanças na Terra. Isso segue em frente de lá para o coração humano, e então para o cérebro e depois para cada célula do corpo. Quanto mais você abre o seu coração, mais poderoso este fluxo fica e mais rápido você se sincronizará com as vibrações ascendentes e alcançará um estado mais alto de consciência. Se você fechar o seu coração e sua mente, você estará resistindo a estas mudanças e uma quantidade cada vez maior de sua energia será gasta nessa luta contra as mesmas energias que transformarão sua vida e o libertarão. Também o seu corpo crescentemente sairá de sincronia com a energia ao seu redor e as consequências físicas, mentais e emocionais serão óbvias. Você pode tentar nadar contra a correnteza desse enorme oceano, ou você pode relaxar, deitar-se em uma bóia e deixar as coisas fluírem naturalmente. É sua escolha, e não importa o que aconteça, você sempre viverá. Se nós nos permitirmos sermos tocados por essa luz de alta frequência, nossos corpos se consertarão e nós não envelheceremos.

Nós viveremos em corpos físicos indefinidamente se nós assim desejarmos e nossos poderes mentais e psíquicos não conhecerão nenhuma limitação. Se também está correto que nós estamos entrando em um volumoso campo elétrico chamado de Cinturão de Fótons, nós vamos experimentar algumas coisas surpreendentes. Os antigos sabiam destes grandes ciclos de mudança e todos os calendários antigos dos egípcios, dos Mayas, dos Tibetanos, dos chineses e de outros terminam no período em que nós estamos vivendo agora. O calendário egípcio data de aproximadamente 39.000 anos atrás e o Maya talvez 18.000 anos. O Maya disse que haveria um período de transição entre o velho e o novo mundo, a medida em que uma versão de tempo fosse substituída por outra. Eles chamaram esse período de “Sem Tempo” e eles disseram que isso vai começar em julho de 1982 e conduzir à uma mudança no dia 12 de dezembro de 2012.


O efeito de tudo isso na humanidade é fácil de ver. Eu visitei mais de 20 países nos últimos anos e há um despertar acontecendo em todos eles. Contudo, a maioria ainda não despertou, mas os números estão aumentando dia-a-dia a medida em que este despertador espiritual tira as pessoas de suas sonecas. É a aceleração da vibração da Terra, e da galáxia em geral, que está dando a impressão de que o tempo está passando cada vez mais rapidamente. Isso é uma ilusão porque, na verdade, não há nenhum tempo, mas nos sentimos dessa forma porque a frequência está ficando mais rápida. Eu lembro que me foi dada uma comunicação canalizada por uma psíquica no começo dos anos 90, a qual disse que estava chegando o dia em que o tempo parecerá estar se movendo tão depressa que será assustador. Esse momento está próximo. Não há nada com o que se preocupar, é só um ciclo natural, mas apresentará muitos desafios e, consequentemente, oportunidades infinitas.

David Icke


Tradução:
David Icke Artigos

Origem do texto e Direito Autoral:
http://www.davidicke.com/

Gravação de áudio, edição e publicação:
http://vega-conhecimentos.com

Favor compartilhar.


|

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe de sua opinião!

Pesquise por assunto

Postagens mais visitadas do mês.

As postagens mais visitadas do site.