2 de fev. de 2020

CORONAVÍRUS-TITANIC.

O Coronavírus da China e a analogia com o “Inafundável” navio Titanic.

Posted by  on 29/01/2020
A evidência do afundamento INEVITÁVEL do Titanic era inegável, mas a primeira resposta da humanidade é a negação, independente da evidência. O fato de que o coronavírus é contagioso é inegável, assim como a evidência de que portadores que não apresentam sintomas podem transmitir o vírus a outras pessoas. Essa pode ser uma analogia apropriada ao atual mercado de ações dos EUA, que é amplamente considerado “inafundável”  devido à capacidade ilimitada do Federal Reserve de criar “liquidez” (dinheiro) do nada [Fiat Money, sem valor nenhum, apenas papel colorido].


Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch
O Coronavírus da China e a analogia com o “Inafundável” Titanic
Impensável não significa “inafundável”.
Como todos sabemos, o Titanic “inafundável” sofreu uma colisão com um iceberg na noite de 14 de abril de 1912 e afundou inapelavelmente.  Meia hora após o iceberg abrir seis dos 16 compartimentos estanques do navio, não era de todo aparente que o poderoso navio havia sido fatalmente ferido, pois não havia evidências de danos no topo. De fato, algumas testemunhas oculares relataram que os passageiros espalharam divertidamente o gelo deixado na proa pelo encontro.
Mas alguns cálculos rudimentares logo revelaram a verdade aos oficiais: o navio afundaria e não havia como IMPEDIR esse fato.  O navio foi projetado para sobreviver a quatro compartimentos estanques comprometidos e provavelmente poderia permanecer à tona se cinco fossem abertos para o mar, mas não se seis compartimentos fossem inundados. A água inevitavelmente transbordaria para os compartimentos adjacentes de uma forma de efeito dominó até o navio afundar.
Podemos simpatizar com a descrença dos oficiais e com seu dever contraditório de tranquilizar simultaneamente os passageiros e tentar incitá-los a embarcar nos botes salva-vidas. Os passageiros relutaram em prestar atenção ao aviso, porque estava em desacordo com suas próprias percepções. Com o interior ainda quente e iluminado por luzes, parecia muito mais perigoso subir em um barco salva-vidas aberto e afundar no Atlântico gelado do que permanecer a bordo.
A evidência do afundamento INEVITÁVEL era inegável, mas a primeira resposta da humanidade é a negação, independentemente da evidência.  A evidência de que o coronavírus é contagioso é inegável, assim como a evidência de que portadores que não apresentam sintomas podem transmitir o vírus a outras pessoas.
Assim como o eventual afundamento do Titanic poderia ser extrapolado dos fatos básicos (seis compartimentos estanques estavam inundando), a possível disseminação do coronavírus pode ser extrapolada desses fatos básicos.
Mas a resposta global oficial é “esses fatos não importam” e, portanto, centenas de voos de companhias aéreas para todo o mundo continuam deixando as cidades afetadas pela doença.  Que, uma vez que o vírus se espalhe globalmente, impactará a economia global é facilmente extrapolada, mas poucos querem considerar o naufrágio do inafundável, e não o fazem.
Como resultado, os primeiros botes salva-vidas deixaram o navio condenado apenas parcialmente cheio. Somente quando se tornou inegável que o Titanic estava condenado as pessoas [as mais estúpidas, sempre a maioria] tentaram entrar em um barco salva-vidas, mas então já era tarde demais: todos os barcos salva-vidas foram lançados.  
Essa pode ser uma analogia apropriada ao mercado de ações dos EUA, que é amplamente considerado “inafundável”  devido à capacidade ilimitada do Federal Reserve de criar “liquidez” (dinheiro) do nada [Fiat Money, sem valor nenhum, apenas papel colorido].
O mercado de ações, por enquanto, teve apenas uma pequena colisão com o coronavírus, e poucos estão atendendo aos avisos, preferindo atender às “garantias” de que, graças ao onipotente Federal Reserve [o FeD, pseudo Bco Central dos EUA], o mercado não pode ser afundado, e a confortável parte no convés da Primeira [a elite] Classe continuará indefinidamente.
Os “botes salva-vidas já estão saindo” do “navio inafundável” do mercado de ações dos EUA, mas poucos escaparam do navio condenado, ou seja, venderam todas as suas ações. Quando a multidão [de zumbis] que festeja na Primeira Classe despertar para a inevitabilidade do mercado de ações afundar definitivamente, será tarde demais para entrar no barco salva-vidas, ou seja, vender suas ações com algum valor ainda.
Meia hora após a colisão fatal, as garantias ainda são tão reconfortantes e credíveis: como esse “grande navio” poderia afundar?  De fato, como poderia um mercado de ações competir com tanta confiança para índices Dow 30.000 até Dow 20.000 ou até queda abaixo dos 10.000 pontos? É impensável e impossível!.
Impensável não significa inafundável.

Impensável não significa inafundável.
Aqui estão alguns links informativos baseados em ciência sobre o coronavírus, cortesia da correspondente de longa data Cheryl A .:

A Matrix (o SISTEMA de CONTROLE MENTAL): “A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando despertar.

Mas até que nós consigamos despertá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso as transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …”

Mais informações, leitura adicional:
Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.
https://vega-conhecimentos.com 


Obrigado por compartilhe com seus amigos, imprima, copie o link, envie por e-mail.

Pesquise por assunto

Postagens mais visitadas do mês.

As postagens mais visitadas do site.